20 de junho de 2017 • 7:42 am

Brasil » Policia

PF entrega relatório ao STF acusando Temer e Loures de corruptos

O relatório é preliminar e investigadores pedem mais 5 dias para a apuração final

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A Polícia Federal entregou nesta segunda-feira (19) ao O Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu nesta segunda-feira, 19, um relatório preliminar da Polícia Federal sobre o inquérito aberto contra o presidente Michel Temer e um de seus mais próximos aliados, o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), preso desde 3 de junho.

O relatório entregue pela PF concluiu que Temer e Loures praticaram atos de corrupção passiva, organização criminosa e obstrução de Justiça depois de flagrados em filmagens e gravações de áudio viabilizadas na delação premiada de executivos do Grupo JBS.

Temer tem negado as acusações e resolveu partir para o ataque contra os acusadores, anunciando ações judiciais antes de partir para viagem oficial à Rússia e à Noruega.

O material apresentado pela PF ainda não foi divulgado pelo STF, mas informações vazaram para o  jornal Folha de S.Paulo.

No ato da entrega do relatório os investigadores aproveitaram para pedir ao ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo, mais cinco dias para completar a apuração e verificar se outros crimes foram cometidos.

Há a suspeita na PF de que o grupo de Temer tenha atuado para comprar o silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso desde outubro e condenado a mais de 15 anos de prisão por envolvimento no petrolão, e assim impedir uma eventual delação premiada do ex-cacique peemedebista.

Deixe o seu comentário