15 de agosto de 2015 • 2:24 pm

Brasil

PF grampeia Lula e descobre conversas perigosas sobre o BNDES

Relatório policial foi divulgado à imprensa

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Lula: telefone grampeado.

Lula: telefone grampeado.

Brasil – Durante as investigações da Operação Lava Jato, a Polícia Federal (PF) interceptou uma ligação telefônica entre o diretor da Odebrecht Alexandrino de Salles Ramos de Alencar e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na ligação, os dois afirmaram que estavam preocupados com “assuntos do BNDES”, segundo revelou o Congresso Em Foco.

A ligação ocorreu no dia 15 de junho, às 20h. Os dois repercutiam um artigo assinado pelo ex-ministro Delfim Netto, relacionado aos investimentos do BNDES no Brasil e no exterior. O banco financiou várias obras da Odebrecht no Brasil e em países como Cuba, por exemplo.

“Na conversa Lula e Alexandrino abordam sobre a temática do seminário promovido pelo jornal Valor Econômico, intitulado de ‘Uma agenda para Dinamizar a Exportação de Serviços’, já amplamente descrito neste relatório de análise de interceptação telefônica, tratando dos polêmicos financiamentos do BNDES às empreiteiras brasileiras, incluindo a Odebrecht”, segundo o relatório policia.

O relatório diz que ambos demonstram preocupação em relação aos assuntos do BNDES referindo-se também a um artigo assinado por Delfim Netto que seria publicado no dia seguinte sobre o tema”, afirma o delegado federal Eduardo Mauat da Silva, que integra a força-tarefa da Lava Jato.

Deixe o seu comentário