16 de junho de 2015 • 7:28 pm

Cotidiano

Piscina do amor será fechada a partir desta quarta-feira

A decisão foi tomada em reunião do Conselho Estadual de Proteção Ambiental.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Piscina do amor agora fechada.

Piscina do amor agora fechada.

A partir desta quarta-feira, 17, técnicos do Instiuto do Meio Ambiente (IMA) vão fazer a demarcação da piscina natural, mais conhecida no “Piscina do Amor”, na enseada da Pajuçara, por determinação do Cepram – Conselho Estadual de Proteção Ambiental.

O Cepram aprovou uma solicitação do próprio Ima para a interdição da piscina. O trabalho será inciado a partir das 10 horas e só terminará na próxima  sexta-feira, 19. A sinalização será realizada em uma distância de 20 metros em relação à borda do recife, com área de aproximadamente 42 hectares.

 

Com essa decisão, a Piscina do Amor será considerada uma zona de exclusão para uso diversos. Segundo o coordenador do Gerienciamento Costeiro do Ima, Ricardo César, a medida vai contribuir para a preservação de diversos organismos marinhos, que antes estavam ameaçados.

“Manter aquela área preservada é uma forma de proteger a biodiversidade da enseada e é possível que os organismos marinhos que se reproduzam ali possam povoar outras piscinas da região”, disse.

A resolução do Cepram ressalta que, entre os argumentos apresentados pelo IMA, os conselheiros também levaram em consideração os estudos realizados na praia, enseada e ambientes recifais; os recifes de corais como berçário para diversas espécies; atividades essenciais para a economia, mas prejudiciais àqueles ambientes; o declínio de espécies da enseada da Pajuçara.

As ações de monitoramento, fiscalização e pesquisa serão de responsabilidade do IMA, que poderá solicitar o apoio de instituições de pesquisas conveniadas, Batalhão de Polícia Ambiental, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente, Capitania dos Portos e Colônia de Pescadores do Jaraguá.

 

 

Deixe o seu comentário