22 de setembro de 2015 • 8:59 am

Política

PMDB sinaliza que está abandonando o barco do governo de Dilma

PMDB sempre correu atrás dos cargos e agora não quer indicar. O que acontece?

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

racha pmdb ptMichel Temer, Renan Calheiros e Eduardo Cunha, os caciques do PMDB, nunca deixaram baratas as nomeações para cargos no governo, quando o assunto era indicação partidária.

Na reforma que agora pretende, a presidente Dilma, para sobreviver politicamente, está sinalizando com mais três ministérios para o PMDB. Inclusive o Ministério da Saúde.

O problema é que Dilma está tão fragilizada que os três caciques peemedebistas lavaram as mãos e já disseram que não vão indicar nomes para esses ministérios.

Isso, portanto, surge como mais um sintoma de que o PMDB está abandonando o barco do governo, como revelou aqui o deputado federal Cícero Almeida, após ouvir essas informações do próprio presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha.

Já os petistas, preocupados com a situação do governo, consideram que só uma articulação de perfeita de bastidores pode salvar a todos. E para fazer esse trabalho não enxergam mais nuinguém além do presidente Lula.

Deixe o seu comentário