16 de Fevereiro de 2017 • 9:29 am

Policia

Polícia faz megaoperação em Joaquim Gomes que resulta em 4 mortos

Vitimas teriam ateado fogo na Companhia Militar da cidade

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Uma megaoperação da secretaria de Segurança Pública, nesta quinta-feira, 16, em Joaquim Gomes, deixou 4 mortos. As vítimas foram acusadas de responsabilidade no episódio em que a sede da Companhia Militar da cidade foi incendiada.

Operação começou de madrugada/ Foto JG Notícias

A operação da SSP começou às primeiras horas da madrugada. Joaquim Gomes praticamente acordou com o barulho de 36 viaturas policiais e mais de 140 homens de vários batalhões rodando pela cidade. Participaram da operação agentes do Deice, RP e Bope de Maceió e a equipe P2, homens da inteligência da polícia.

O bairro Cacimbas foi o local de maior aglomeração de viaturas, mas bairros como Casal, João Batista da Hora e Antônio Celestino Lins também foram visitados.

Eles fizeram buscas por suspeitos de cometerem crimes na cidade, entre eles, os envolvidos de atear fogo na viatura da força nacional, estacionada na frente do prédio da 2ª Cia Independente com sede em Joaquim Gomes. Foram pelo menos seis mandados de buscas e apreensões expedidas pela justiça e quem esteve no comando da operação foi o delegado Mário Jorge.

 

Prisões – A operação resultou inicialmente nas prisões de alguns suspeitos, cujos nomes ainda não revelados e em seguida na morte de outros quatro, que,segundo a polícia, teriam entrando em “confronto” com a força policial.

Foram mortos um jovem conhecido como “Aguinaldo”, Anderson Alves dos Santos, 22 anos, conhecido por “Bola”,  Leandro José da Silva, conhecido por “Léo” e um outro não identificado

 

 

Deixe o seu comentário