15 de outubro de 2015 • 12:14 am

Maceió » Política

Vai caber? Servidores da Câmara vão bater ponto a partir de dezembro

Reunião no gabinete da presidência da Câmara definciu encaminhamentos para implantação do ponto

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Reunião discutiu prioridades para implantação do ponto. Foto Ascom Câmara

Reunião discutiu prioridades para implantação do ponto. Foto Ascom Câmara

Tem jeito não. Apesar da torcida contra, a Câmara Municipal de Maceió vai ter mesmo que implantar o ponto eletrônico. Também serão instaladas câmeras de monitoramento para o registro em imagens da entrada e saída do pessoal.

Na tarde desta quarta-feira (14) uma reunião do presidente Kelmman Vieira (PMDB) com técnicos das áreas de Recursos Humanos, Informática, Gestão de Pessoas e Financeiro da Câmara e uma equipe do Tribunal de Contas do Estado (TCE), definiu o cronograma de implantação do equipamento de controle de frequência dos servidores do Legislativo de Maceió.

A previsão é de que o ponto eletrônico comece a funcionar já no próximo mês dezembro. As próximas semanas serão destinadas à aquisição de equipamentos, definição do sistema de informática, cabeamento e adaptações na estrutura física do prédio. A equipe do TCE está dando suporte aos técnicos da Câmara, cumprindo acordo firmado entre as duas instituições.

No Tribunal de Contas, o sistema de ponto eletrônico também foi implantado este ano. “Queremos que a nossa experiência seja tão bem-sucedida quanto foi a de lá”, destacou o presidente da Câmara. Como etapa primordial para a implantação do ponto, os servidores efetivos e comissionados vão passar por um recadastramento para a captação das digitais.

E a Mesa Diretora vai ter que pensar em como acomodar tanta gente, num prédio pequeno, com salas apertadas e já superlotadas e sem estrutura, onde funciona a Câmara Municipal. Segundo informações da assessoria de Comunicação, o Legislativo Municipal tem cerca de 250 funcionários que serão obrigados a bater o ponto, inclusive os 29 que trabalham para a Mesa Diretora. Os 210 servidores lotados nos gabinetes dos vereadores, segundo o presidente Kelmann Vieira, também terão sua frequência controlada.

Vai dar o maior rolo nos corredores!

  • Com informações da assessoria de imprensa.

Deixe o seu comentário