15 de outubro de 2015 • 12:14 am

Maceió » Política

Vai caber? Servidores da Câmara vão bater ponto a partir de dezembro

Reunião no gabinete da presidência da Câmara definciu encaminhamentos para implantação do ponto

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Reunião discutiu prioridades para implantação do ponto. Foto Ascom Câmara

Reunião discutiu prioridades para implantação do ponto. Foto Ascom Câmara

Tem jeito não. Apesar da torcida contra, a Câmara Municipal de Maceió vai ter mesmo que implantar o ponto eletrônico. Também serão instaladas câmeras de monitoramento para o registro em imagens da entrada e saída do pessoal.

Na tarde desta quarta-feira (14) uma reunião do presidente Kelmman Vieira (PMDB) com técnicos das áreas de Recursos Humanos, Informática, Gestão de Pessoas e Financeiro da Câmara e uma equipe do Tribunal de Contas do Estado (TCE), definiu o cronograma de implantação do equipamento de controle de frequência dos servidores do Legislativo de Maceió.

A previsão é de que o ponto eletrônico comece a funcionar já no próximo mês dezembro. As próximas semanas serão destinadas à aquisição de equipamentos, definição do sistema de informática, cabeamento e adaptações na estrutura física do prédio. A equipe do TCE está dando suporte aos técnicos da Câmara, cumprindo acordo firmado entre as duas instituições.

No Tribunal de Contas, o sistema de ponto eletrônico também foi implantado este ano. “Queremos que a nossa experiência seja tão bem-sucedida quanto foi a de lá”, destacou o presidente da Câmara. Como etapa primordial para a implantação do ponto, os servidores efetivos e comissionados vão passar por um recadastramento para a captação das digitais.

E a Mesa Diretora vai ter que pensar em como acomodar tanta gente, num prédio pequeno, com salas apertadas e já superlotadas e sem estrutura, onde funciona a Câmara Municipal. Segundo informações da assessoria de Comunicação, o Legislativo Municipal tem cerca de 250 funcionários que serão obrigados a bater o ponto, inclusive os 29 que trabalham para a Mesa Diretora. Os 210 servidores lotados nos gabinetes dos vereadores, segundo o presidente Kelmann Vieira, também terão sua frequência controlada.

Vai dar o maior rolo nos corredores!

  • Com informações da assessoria de imprensa.

Deixe o seu comentário