4 de janeiro de 2016 • 7:41 pm

Blogs » Educação » Fátima Almeida

Prédio antigo da Secretaria da Educação está entregue aos cachorros

Abandonado pelo Estado, situação do imóvel é a imagem do descaso com a memória histórica e cultural de Alagoas

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Na antiga sede da Educação, quem manda é os cachorros (Fotos: Cortesia Armando Durval)

Na antiga sede da Educação, quem manda são os cachorros (Fotos: Cortesia Armando Durval)

Abandonado pelo Estado, parcialmente desmoronado por obra do descaso público, o prédio histórico onde funcionou a Secretaria de Estado da Educação, na Rua Barão de Alagoas, no Centro de Maceió, está, agora, literalmente entregue aos cachorros.

Quem passa pelo local, até se assusta com a cena, e não só pelo ladrar dos bichos. São muitoscerca de 15 a 20 animais de várias cores e  todos os tamanhos – cercados por uma grade, no pátio, mas com livre acesso ao interior do prédio, pela porta principal.cachorros 2

A reportagem do Éassim não conseguiu encontrar o responsável pela matilha. Apenas uma rede armada na varanda, na entrada principal do prédio, indica que os cães têm companhia humana.

cachorros 3Testemunhas dizem que eles são comercializados no local, ou cuidados por algum protetor de animais – o que constitui missão nobre, mas não reduz o impacto do abandono a que foi relegado o prédio – parte da memória cultural da nossa gente. 

DESMONTE

Fechado desde 2012, o imóvel que abrigou tradicionais unidades de ensino de Alagoas– como o Lyceu Alagoano e o Colégio Estadual – além da Secretaria da Educação, não resistiu ao golpe do descaso a que foi relegado e teve parte da sua estrutura física desmoronada, em julho passado, transformando em entulho uma parte da história da educação e da cultura de Alagoas.

Em publicação feita em abril do ano passado, o site Eassim já denunciava a situação de abandono do prédio, que estava – na época – servindo de abrigo a drogaditos e antro de prostituição. Foi desocupado, após a denúncia, mas nada foi feito pela sua manutenção, o que resultou no desmoronamento, pouco tempo depois.

Na época, o vice-governador e secretário da Educação, Luciano Barbosa, chegou a noticiar a ideia de recuperar a estrutura e transformar o prédio num centro de referência de educação profissional, a ser gerenciado em parceria com o Sistema ‘S’.

Planos que até hoje não saíram do papel – se é que chegaram entrar.

Ou, quem sabe, o Estado que não consegue melhorar os índices educacionais de suas criança, seus adolescentes e jovens, resolveu mudar o foco educação…

Ps: Sobre a utilização do prédio da Barão de Alagoas como abrigo de cachorros, a Secretaria de Estado da Educação disse que não foi consentido e que não tinha conhecimento.  Sobre a situação do imóvel, informou que existe um projeto e que deverá começar a ser executado na próxima semana.

Agora, é ver para crer!

2 Comentários

  1. Fernando disse:

    é um morador de rua que recolhe os cachorros abandonados e os prende ali. ele vive pedindo dinheiro pra comprar ração pros cães. antes, ele prendia os cães no canteiro da av. goes monteiro.

  2. Armando disse:

    Há quem diga que os cachorros estão tomando conta da educação em Alagoas.

Deixe o seu comentário