1 de março de 2016 • 11:42 am

Interior

Pressionado, Prefeito de Rio Largo, Toninho Lins, renuncia ao mandato

Toninho Lins respode a 12 ações judiciais por improbidade na justiça estadual e federal

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O prefeito de Rio Largo, Toninho Lins renunciou ao mandato agora a pouco. Em carta endereçada as autoridades e à Câmara Municipal ele anunciou sua reúncia. Mais informações em instantes.

Na carta que escreveu ele disse que deixa a prefeitura “pensando no meu povo e nas pessoas que votaram em mim e comigo sonharam com a construção de uma cidade mais humana, mais justa, comseviço público de qualidade, resolvi tomar essa decisão de sacrifício pessoal”.

Toninho lins: renunicou.

Toninho lins: renunciou.

Toninho Lins foi várias vezes afastado do mandato por decisão judicial, após denúncias de corrupção  em sua administração. Com a renúncia dele quem assume o mandato é a vice Maria Elisa Alves, que já foi prefeita de Rio Largo e também se envolveu com denúncias de malversação dos recursos públicos.

Ao entregar sua  carta para o presidente da Casa, vereador Jefferson Alexandre,  Toninho Lins, relatou feitos de sua gestão e disse esperar que enfim a situação no município se estabilize, considerando que a cidade foi completamente abandonada, “com lixo nas ruas e pessoas descuidadas”.

Disse que sai da Prefeitura “pelo meu povo e para cuidar da minha defesa”. E ainda manifestou o interesse em ajudar a agora prefeita Maria Elisa a governar o município.

A carta de Toninho Lins remete a uma situação de desespero político e de uma pessoa que se perdeu no tempo e no espaço, assim como a noção de ser um gestor identificado com as demandas de sua população. Toninho Lins enfrenta  12 ações judiciais por improbidade. A rigor, ele responde uma na Justiça Federal, 02 ações populares que tramitam na Justiça Estadual e 08 ações penais que tramitam no Tribunal de Justiça de Alagoas.

 

 

Deixe o seu comentário