10 de setembro de 2015 • 11:14 am

Política

Prefeito que participou de passeata contra corrupção é afastado como corrupto

Juiz ainda tornou indisponíveis os bens dele: mais de R$ 1 milhão.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Manifestação contra corrupção

Manifestação contra corrupção

O juiz Marques  Odilon Marques Luz, da Comarca de Viçosa, determinou pela segunda vez este ano o afastamento do prefeito do município, Flaubert Torres Filho, por prática de corrupção.

Curiosamente, Flaubert é o mesmo prefeito que recentemente estava na marcha dos “fora corruptos”, na orla de Maceió, em protesto contra a corrupção no governo federal. A velha ironia  do destino em ação.

Além de ter sido afastado do cargo, mais uma vez por improbidade, o prefeito viçosense também teve decretada liminarmente a indisponibilidade de seus bens móveis e imóveis, até o limite de R$ 1,077 milhão.

O prefeito foi afastado agora devido uma ação do Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL) que interpôs, no último dia 31, um agravo regimental em face da decisão monocrática da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas (TJ/AL), que determinou a recondução do prefeito Flaubert Torres Filho ao comando do Executivo Municipal de Viçosa.

Prefeito Flaubert na passeata contra corrupção.

Prefeito Flaubert na passeata contra corrupção.

O gestor estava afastado do cargo desde maio último por determinação do Juíz da Comarca, a pedido do órgão ministerial, em virtude de acusações de irregularidades no recebimento de diárias e fraude em licitação.

 

Deixe o seu comentário