3 de julho de 2017 • 2:28 pm

Serviços Públicos

Prefeitos debatem elaboração do Plano Municipal da Primeira Infância

reunião dos gestores municipais foi realizada na sede da AMA

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Os prefeitos alagoanos conheceram nesta segunda-feira, 3, o Guia para Elaboração do Plano Municipal pela Primeira Infância. O documento foi apresentado pelo Coordenador da Rede Estadual da 1ª Infância em Alagoas, Cláudio Soriano.

O Guia traz uma série de sugestões objetivas com um prático passo a passo do trabalho de elaboração do Plano para os gestores. As orientações fazem parte da campanha Criança é Prioridade, no qual a Primeira Infância terá primazia na administração do município.

Prefeitos conhecem o Guia

“É no município onde tudo acontece, então é no município que precisamos integrar as políticas públicas. Investir na primeira infância é melhorar a educação, a saúde e a qualidade de vida da população no geral”, afirmou Cláudio Soriano.

Ou seja, disse ele, o plano estabelece o desenvolvimento econômico e social dos municípios, através do investimento na criança e isso deve ser levado em consideração criteriosa por parte dos gestores municipais.

Segundo o coordenador da Rede Estadual da 1ª Infância em Alagoas, existe um acervo de evidências que mostram a relação entre o nascimento da criança e as interações por ela estabelecidas com o meio social e física influenciam na personalidade, nas estruturas do cérebro e da mente, desenvolvem capacidade de aprender, de se relacionar de expressar as emoções e de se inserir nos diferentes contextos.

Essas relações podem modificar o futuro de uma cidade, inclusive na segurança pública. A Juíza Titular da 28ª vara da Infância e Juventude, Fátima Pirauá, destacou que 99% dos adolescentes infratores não tem a presença da família e do estado, por isso, o investimento na primeira infância se torna essencial.

O Promotor de Justiça da Infância e Juventude, Ubirajara Ramos, destacou a importância dessa discussão e o apoio interesse dos prefeitos em oferecer políticas públicas de qualidade. “A importância dos gestores municipais é extremamente grande, depende do chefe do poder executivo para avançar”, reforçou.

Para o presidente da AMA, Hugo Wanderley, os prefeitos têm compromisso  e investido porque também entendem que as crianças são o futuro. “Temos recursos federais que demoram até 4 meses e precisamos repor com recursos próprios. Essas reuniões são importantes para que alinhem as ideias e realizações. Enfrentamos muitas dificuldades, porém mesmo com poucos recursos, através dessas parcerias, podemos colher bons frutos”, garantiu.

Deixe o seu comentário