27 de dezembro de 2015 • 7:25 pm

Maceió

Prefeitura comunitária anuncia o reveillon do Benedito Bentes

A festa começa às 22h com a banda Danados do Forró e, depois da meia noite, a banda Playbozada comanda a animação até às três da manhã.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Apesar da crise por que passa o país, que acabou resultando no cancelamento da festa de réveillon nos bairros de Ipioca, Jacintinho e Clima Bom, e que também limitou as comemorações da virada de ano na orla

Vai ter festa no Biu.

Vai ter festa no Biu.

de Maceió, onde não haverá nenhuma atração musical, a festa de boas vindas a 2016 está garantida no Benedito Bentes.

Como já virou tradição, uma grande estrutura de palco, som e iluminação será montada na Praça Padre Cícero, ao lado do terminal de ônibus. A festa começa às 22h com a banda Danados do Forró e, depois da meia noite, a banda Playbozada comanda a animação até às três da manhã.

“Foi a custo de muito esforço que conseguimos confirmar o réveillon esse ano. Nós sabemos que o momento é difícil para todo mundo. Mas por isso mesmo entendemos a importância de termos a festa para as pessoas celebrarem a passagem de ano com as esperanças renovadas, acreditando que o ano de 2016 será melhor que 2015”, afirmou Silvânio Barbosa.

O vereador Silvânio Barbosa, coordenador do evento realizado em parceria com a Prefeitura Comunitária do Benedito Bentes, foi o grande entusiasta da festa. “Quero agradecer a todos os parceiros que aceitaram colaborar com a festa da virada. Eles me deram um grande presente, já que o dia 31, além de ser a véspera de ano novo, é meu aniversário e vamos comemorar juntos”, destacou Barbosa.

Além de oferecer a única opção de entretenimento gratuita para todos os moradores de Maceió na virada do ano, a festa do Benedito Bentes também movimenta a economia. Cerca de 80 vendedores, entre barraqueiros e ambulantes, irão trabalhar na festa de réveillon do bairro. “Esse é um dos pontos mais importantes para nós. Gerar trabalho e renda para os vendedores da região, que terão a oportunidade de entrar 2016 com dinheiro no bolso. Todo mundo sai ganhando”, finalizou Silvânio.

 

Deixe o seu comentário