20 de maio de 2015 • 11:18 am

Brasil

Presidente da Aprel alerta: risco de um apagão até 2016 é de 40%

Diagnóstico é Ministério de Minas e Energia, Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e Agência Nacional Energia Elétrica (ANEEL)

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
DSC_1605

Presidente da Aprel, Wilson Ciríaco, disse que o consumo da energia elétrica está em seu limite. (Foto: Ascom/Crea)

Um diagnóstico apresentado na sede do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL), nesta terça-feira (19), pelo presidente da Associação dos Profissionais de Eletroeletrônica (Aprel), Wilson Ciríaco, constatou que da forma que estamos utilizando a energia elétrica, corremos o risco de um apagão até 2016.

As informações transmitidas por Wilson, vieram do Ministério de Minas e Energia, Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e Agência Nacional Energia Elétrica (ANEEL), mostrando um panorama sobre a capacidade de energia instalada no País.

Para o palestrante, o objetivo da apresentação sobre o “Cenário Energético Brasileiro” é conscientizar a população. “Precisamos conscientizar as pessoas como estamos consumindo a energia elétrica. Os dados mostram o consumo está no limite e temos a probabilidade de sofrer um apagão ao longo deste ano, até meados de 2016. ”, falou Ciríaco.

De acordo com o engenheiro eletricista, se os números do Ministério de Minas e Energia forem analisados neste momento e levando em conta a projeção dos reservatórios, a probabilidade de apagão é de 40%.

“O governo não mostra essa realidade, é totalmente equivocada a posição da administração federal. Nós que somos técnicos analisamos que o sistema está no limite”, criticou o presidente da Aprel.

A intenção de Ciríaco é que o presidente Fernando Dacal leve esse assunto para o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) venha discutir. O Crea aguarda o pedido ser documentado para levar o debate até Brasília.

Deixe o seu comentário