5 de Fevereiro de 2018 • 8:43 am

Brasil

Presidente da caixa é convocado para depor na PF sobre corrupção

Esquema de corrupção na Caixa que teria favorecido Michel Temer foi denunciado por ex-vice-presidente do banco

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O Presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Ochhi, indicado pelo senador Benedito de Lira (PP) para o cargo. foi intimado pela Polícia Federal a prestar depoimento nesta segunda-feira, 5,  no inquérito sobre que apura o favorecimento de empresas do setor de portos com um decreto assinado por Michel Temer.

 

Além de Temer, são alvos do inquérito a empresa Rodrimar, que atua no setor portuário, e o ex-deputado e ex-assessor de Temer, Rodrigo Rocha Loures, que ficou conhecido como homem da mala da JBS.

Caixa: antro de corrupção.

Uma investigação interna da Caixa Econômica afirma que Occhi teria sido procurado por Rocha Loures para atender a uma demanda da Rodrimar.

A declaração foi dada por Antonio Carlos Ferreira, que deixou a vice-presidência da Caixa há duas semanas por recomendação do Banco Central e do Ministério Público.

Outros dois vice-presidentes foram afastados pelo mesmo motivo, suspeitos da prática de corrupção no banco. Esse, portanto, é mais um caso nebuloso de práticas nocivas ao interesse público que envolvem diretamente o presidente Michel Temer e assessores muito próximos.

 

Deixe o seu comentário