26 de setembro de 2016 • 4:38 pm

Economia

Presidente da Câmara de Comércio Brasil/China quer esatabelecer relações com Alagoas

Empresários de Alagoas devem participar, no próximo ano, de uma missão comercial na China. Essa proposta foi discutida na última sexta-feira, 23, na Federação das Indústrias do Estado de Alagoas…

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Empresários de Alagoas devem participar, no próximo ano, de uma missão comercial na China. Essa proposta foi discutida na última sexta-feira, 23, na Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), numa reunião com o presidente da Câmara de Comércio Brasil-China (CCBC), economista Charles Tang. A entidade tem como papel promover as relações comerciais entre o Brasil e a China, auxiliando no desenvolvimento de negócios entre os dois países, em diversos setores.
Anfitrião do encontro, o vice-presidente da Fiea, empresário José da Silva Nogueira Filho, disse que a entidade da Indústria está pronta a iniciar o diálogo com a CCBC, definindo a reunião como oportunidade para a troca de informações sobre as potencialidades de Alagoas e as áreas de interesse dos chineses.
O dirigente da CCBC disse que, em novembro, o ministro dos Transportes, alagoano Maurício Quintella, viajará a Macau, onde discutirá propostas de investimentos entre os dois países, nas áreas de petróleo, urbanismo, saneamento e turismo. Durante a reunião na Fiea, foi discutida a possibilidade se incluir empresários e dirigentes públicos de Alagoas na missão ministerial, como ação preparatória para uma segunda visita, desta vez com objetivos mais específicos, voltados para os interesses dos alagoanos.
Na reunião, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Hélder Lima, também destacou as potencialidades de Alagoas, e definiu a visita de Charles Tang como porta para o empresariado local estabelecer relações comerciais com os chineses.  O vice-presidente da Fiea disse que novas reuniões serão decisivas para organizar a missão alagoana e definir as áreas potenciais de uma possível relação comercial do Estado com os chineses, por meio da Câmara de Comércio Brasil/China.
Participaram do encontro os presidentes da Federação do Comércio (Fecomércio), Wilton Malta, do Sebrae/AL, Marcos Vieira, e o assessor da diretoria da Braskem, Jorge Bastos.

Deixe o seu comentário


Publicidade