1 de agosto de 2016 • 9:21 am

Brasil

Reforma previdenciária: Aposentadoria só para quem estiver à beira da morte

Esta é a proposta do presidente interino Michel Temer para o Congresso

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Ilustração - Reprodução Internet

Ilustração – Reprodução Internet

O jornalista Fernando Rodrigues revela o tamanho da brutalidade que é a reforma da Previdência proposta pelo presidente interino Michel Temer e que deve ser aprovada pelo Congresso Nacional. Diz ele:

-A “proposta” de Michel Temer para as mudanças na Previdência é brutal.

O “pedágio” de 40% a 50% para os que estão com mais de 50 anos de idade, que os jornais apresentam com um simplório “para quem falta um ano para se aposentar terá de trabalhar mais seis meses” – o que não chega a assustar, é bem pior.

Se você tem 50 anos e 25 anos de contribuição, em lugar de dez anos, terá de trabalhar mais  quatro ou cinco anos, dependendo da escala de maldade a ser aplicada.

Se o Congresso levar em consideração a proposta aqui aberta por Rodrigues e já revelada pelo ministro Eliseu Padilha, ao jornal O Globo, não será exagero dizer que o brasileiro só vai poder gozar sua aposentadoria quando estiver à beira da morte.

Deixe o seu comentário


Publicidade