6 de novembro de 2017 • 12:58 pm

Trânsito

PRF registra redução do número de acidentes em Alagoas no feriadão

Foi usado como parâmetro os feriadões de 7 de setembro e 12 de outubro

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou no último minuto desse domingo (5) sua Operação Finados 2017. Desde a quarta-feira (1) o policiamento nas rodovias federais de todo o país foi reforçado para minimizar o risco de acidentes e combater a criminalidade.

Em Alagoas, levando em consideração as últimas Operações de 7 de setembro e 12 de outubro, esse foi o feriadão com menor número de acidentes registrados.

Mais de 1100 veículos foram abordados, cerca de 1150 pessoas fiscalizadas e 631 testes de etilômetro foram realizados. Isso resultou na extração de 555 autos de infração, sendo 70 por ultrapassagem proibida, 31 pela falta do uso do cinto de segurança, 40 pela falta do uso do capacete e 19 por embriaguez ao volante.

Durante esses cinco dias de trabalho a PRF atendeu em Alagoas 12 acidentes. Já na operação 12 de outubro houve 13 sinistros e no feriadão de 7 de setembro foram registrados 16 acidentes.

Cinco dos sinistros atendidos na Operação Finados 2017 foram considerados de natureza leves, pois não deixaram feridos e três deles foram considerados graves. Houve nove feridos durante esse feriadão em Alagoas e dois óbitos.

Acidente fatal

O único acidente que resultou em vítimas fatais aconteceu no fim da tarde da quinta-feira (02), na BR101, próximo à Unidade Operacional de Polícia de São Sebastião. Uma mulher, passageira do banco da frente, havia sido arremessada para fora do veículo e já estava em óbito. Possivelmente ela não usava cinto de segurança.

No banco de trás do carro estavam duas crianças, um menino de 12 anos e uma menina de 8 anos, ambos faziam uso do cinto de segurança. O menino veio a falecer poucos minutos depois da chegada da equipe de policiais. Dentro do carro havia latinhas de cerveja e forte cheiro da bebida.

Não foi possível fazer o teste de etilômetro no motorista. A causa provável foi o excesso de velocidade.

Deixe o seu comentário