18 de janeiro de 2017 • 12:34 pm

Maceió

Procon notifica agência bancária que deixou consumidor em espera por mais de 20 minutos

Bradesco é uma das agências que desrespeita a lei diariamente

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O Procon resolveu fiscalizar agências bancárias que desrespeitam clientes e a lei municipal que estabelece tempo de espera na fila em torno de 20 minutos. Algumas agências em Maceió, como a do Bradesco da Serraria, deixam aposentados esperando mais de 1 hora nos dias de liberação dos benefícios dos mesmos.

Aposentados: mais de uma hora de espera.

Nesta terca-feira, 17, o Procon iniciou uma fiscalização em agência bancária na Mangabeiras e lavrou auto de infração pelo desrespeito a lei.  A agência não divulgada pela  Superintendência de o órgão de proteção a consumidor tem 10 dias para se defender. Não o fazendo poderá pagar multa de até R$ 6 milhões.

De acordo com o órgão, as agências bancárias têm de seguir as especificações da lei e respeitar o consumidor, atendendo-o no prazo máximo de 20 minutos em dias normais e 30 minutos para dias de pagamento e véspera de feriados.

Para realizar a denúncia, o consumidor comprovou que entrou na agência por volta das 15h33 e foi atendido somente às 17h10. O superintendente do órgão, João Neto, informa que os bancos são obrigados a fornecer senhas que registrem o horário de entrada na fila e devem devolver as senhas com o horário do atendimento.

“É por meio deste mecanismo que o consumidor consegue comprovar que o banco o desrespeitou seus direitos. Caso o tempo de espera seja superior ao informado, e você sinta-se prejudicado, é importante a realizar uma denúncia por meio das nossas redes sociais, site ou comparecendo em um dos nossos pontos de atendimento”, afirma João.

 

 

Deixe o seu comentário