31 de agosto de 2015 • 8:04 pm

Cotidiano

Projeto ‘vem ver a banda tocar’ ganha prêmio nacional

Criado ainda no governo Ronaldo Lessa, o projeto faz a festa dos idosos aos dmingos na praia e Ponta Verde.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Sucesso da banda na orla da Ponta Verde.

Sucesso da banda na orla da Ponta Verde.

Criado ainda no governo  Ronaldo Lessa, o projeto “Vem Ver a Banda Tocar”, da Polícia Militar caiu nas graças da população, desde então, e hoje é referência nacional. O projeto acaba de ganhar o prêmio de “boas práticas” no I Congresso Brasileiro de Comunicação Organizacional das Polícias Militares, realizado em Jaboticatubas/MG.

Os chefes de Comunicação das Polícias Militares de vários Estados Brasileiros participaram do I Congresso Brasileiro de Comunicação Organizacional das PMs. O encontro enfatizou a prevenção à criminalidade e à violência, por meio de apresentações de práticas bem-sucedidas.

O tenente-coronel Maxwell Santos, idealizador do ‘Vem ver a Banda Tocar’, defendeu o programa no congresso como uma ação de sucesso para otimizar  as relações entre polícia e comunidade, redundando em uma prestação de serviços de qualidade.

O ‘Vem Ver a Banda Tocar’ ficou entre as três melhores práticas demonstradas no evento, acompanhado dos projetos das polícias de São Paulo e Rio Grande do Sul, que mostraram um aplicativo para smartphones e um grupo teatral,respectivamente.

“Nosso programa foi o único do Nordeste entre os premiados. Há 16 anos desenvolvemos este canal interativo com a sociedade, através da Banda da PM. Nosso projeto reúne gente de todas as idades, famílias, vizinhos que vivenciam conosco momentos de entretenimento, ouvindo boa música e de informação, através das dicas de segurança” afirmou Maxwell Santos.

Além da tradicional apresentação aos domingos, a partir das 10h30 no espaço Gerusa Malta, na orla de Ponta Verde, o programa cresceu e também percorre os diversos bairros da capital e cidades do interior.

Deixe o seu comentário