4 de dezembro de 2016 • 8:12 pm

Brasil » Política

PSDB é acusado de financiar ataques contra o senador Renan pelo País

“A briga agora é entre eles mesmos”, diz deputado alagoano

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O estranhamento nas relações entre PMDB e PSDB tem produzido fogo amigo todos os dias dentro do governo e já preocupa Michel Temer.

O PMDB acusa os tucanos de terem dado respaldo ao ex-ministro Marcelo Calero para atacar a cúpula do governo.

Já o PSDB diz que os peemedebistas espalharam a versão de que o partido trabalhou no Senado contra as medidas anticorrupção.

Renan: mágoas da PF.

Renan: na mira dos tucanos

Para acabar de azedar a relação, uma parte dos peemedebistas no Congresso acusa o o PSDB de financiar as manifestações contra o senador Renan Calheiros (PMDB) pelo País, afora, assim como os tucanos financiaram o Movimento Brasil Livre e outros movimentos para conquistarem o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A briga, agora, segundo disse o deputado federal Paulão (PT) é  entre eles. E a tendência, na visão do parlamentar é o clima incendiar considerando que os interesses em jogo estão voltados para 2018.

-O lamentável de tudo isso é que esse pessoal deu o golpe no Brasil e a promessa de mudança prometida a sociedade até agora é uma farsa. – Disse o deputado.

 

estranhamento nas relações entre PMDB e PSDB tem produzido fogo amigo todos os dias dentro do governo e já preocupa Michel Temer.

O PMDB acusa os tucanos de terem dado respaldo ao ex-ministro Marcelo Calero para atacar a cúpula do governo. Já o PSDB diz que os peemedebistas espalharam a versão de que o partido trabalhou no Senado contra as medidas anticorrupção.

Deixe o seu comentário