30 de Março de 2016 • 11:14 am

Blogs » Marcelo Firmino

PT e PC do B têm cargos cobrados no governo estadual por peemedebistas

No entanto, o governador Renan Filho ainda não se pronunciou sobre o assunto

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Desde que o PMDB decidiu romper com a presidente Dilma Rousseff para ficar com o governo, que o governador de Alagoas Renan Filho, uma das novas estrelas do partido, se mantém silente.

O desfecho da crise política não era o que ele queria e chegou a confidenciar a assessores mais diretos. O governador, obviamente, tem suas razões, mas uma grande parcela dos seus correligionários alagoanos pensam diferente e comemoraram o rompimento como sendo uma “jogada de mestre” da legenda mais antiga em atuação no País.

Alguns dirigentes, do alto das comemorações, foram mais além e já sugeriram que o Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), ambos com uma secretaria na estrutura do governo estadual, entregassem os cargos ao Chefe do Executivo.

PT e PC do B não comentaram o fato que circulou as redes sociais na tarde de ontem. O governador sempre atento as publicações também não se manifestou.

Pode ser apenas fumaça, mas, de repente, nunca se sabe.

Deixe o seu comentário