27 de abril de 2015 • 3:00 pm

Política

PT quer Judson ou Paulão na disputa pela prefeitura de Maceió

Partido não quer mais saber de alianças e vai chamar a militância de volta às ruas em 2016

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Paulão é presidente do PT em Alagoas

Paulão é presidente do PT em Alagoas

Quase duzentos militantes do Partido dos Trabalhadores participaram do Congresso Municipal de Maceió e decidiram que em 2016 o PT terá candidato próprio a prefeito de Maceió. Os petistas estão confiantes de que a onda de estresse que hoje envolve o partido em função dos escândalos noticiados na imprensa nacional vai passar depois do segundo semestre deste ano. A maioria acredita que o ajuste fiscal colocará a economia nos eixos e com isso o País voltará a crescer para o bem geral da nação.

E foi quase unânime a decisão de lançar um candidato a prefeito da capital para as próximas eleições. Caberá ao deputado federal Paulão, presidente do partido no Estado, convencer a direção nacional para que não intervenha na decisão tomada pelos petistas locais, uma vez que nas últimas eleições o partido assume uma posição aqui e logo vem a ordem de Brasilia para abraçar uma outra, o que normalmente tira as chances do PT de disputar com seus próprios quadro uma eleição majoritária. Agora todos acreditam que tudo será diferente, uma vez que a cúpula em Brasília sabe muito bem o que tem sofrido com os aliados.

Os petistas maceioenses chegaram a indicar no Congresso dois nomes para concorrer ao cargo de prefeito de  Maceió. O ex-deputado estadual Judson Cabral e o então deputado federal Paulão. Há a convicção de que a tarefa não será fácil, mas também a conscientização de que a agremiação não pode fugir à luta, principalmente em um momento em que a legenda precisa da força de toda a sua militância.  O PT se constitui assim no primeiro partido a indicar nomes seus para concorrer á Prefeitur de Maceió em 2016.

Deixe o seu comentário