21 de outubro de 2015 • 11:03 am

Blogs » Marcelo Firmino

Quadrilha de fraudadores de concurso imaginou viver na impunidade

É muito antiga a quadrilha que frauda concursos. Bando atua desde o inicio dos anos 80.

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Não é de agora que Alagoas tem ‘know how’ para fraudar concursos públicos. Desde o inicio dos anos 80 que “concurseiros” locais se distribuem pelo Brasil ganhando dinheiro para praticar fraudes nos mais diversos exames para o acesso a cargos públicos.

Fazem isso até para aprovar gente em vestibular de Medicina. Não são poucos os médicos pelo País que chegaram ao curso depois de um processo fraudulento.

No passado, houve gente presa aqui mesmo no Estado, mas logo os envolvidos com as chamadas “costas quentes” tiveram suas situações atenuadas.

Concursos para o Tribunal Regional do Trabalho pelo País afora foram alvos dessa quadrilha que se sofisticou e hoje usa tecnologia de ponta para fraudar os exames.

A Polícia Federal agora tem um norte real para chegar a todos os envolvidos.

Mas, o que mais dói em cada alagoano de bem é saber que nosso estado é considerado o núcleo dessas operações fraudulentas, graças a “esperteza” de um bando que se imaginou vivendo eternamente na impunidade.

Deixe o seu comentário