1 de junho de 2017 • 7:59 pm

Bleine Oliveira » Blogs

Quem fiscaliza o uso das verbas para o povo enfrentar enchentes?

São quase 40 mil pessoas afetadas pelos danos das chuvas em Alagoas. A grande questão agora é se de fato elas receberão a assistência que deve gerar os R$ 13 milhões liberados pela União.

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Chega a R$ 13 milhões a ajuda financeira emergencial que o governo federal destinou a Alagoas, para assistência às famílias afetadas pelas chuvas na capital e no interior do Estado.

Curioso é que tem meio mundo de autoridades querendo fiscalizar a utilização do dinheiro.

Na Assembleia Legislativa, por exemplo, o deputado Bruno Toledo (Pros), usou a tribuna para dizer que visitou os municípios atingidos pelas chuvas e, na mesma tacada, solicitar à Mesa Diretora a criação de uma comissão parlamentar “com objetivo de acompanhar a utilização dos recursos estaduais e federais destinados a reconstrução das cidades”.

De olho na lisura das ações e em propostas como a apresentada no Legislativo, o Ministério Público estadual criou um grupo de trabalho, unificando a atuação das promotorias de Justiça, para propor uma forma de fiscalização do uso desses recursos pelos gestores públicos nos municípios atingidos.

Imagine, queridos leitores, se a União destinar maior volume de recursos para obras estruturais nas 27 cidades que estão em situação de emergência ou calamidade pública!

Que festa para os prefeitos!

Deixe o seu comentário