13 de junho de 2017 • 9:43 pm

Política

Reajuste do servidor público estadual será de 6,29%

Índice foi anunciado pelo Governado hoje, pelas redes sociais, hoje, no final da tarde, pelo governador, ma

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
(*) Texto de Severino Carvalho
O governador Renan Filho anunciou, no fim da tarde desta terça-feira (13), o reajuste salarial de 6,29% para os servidores públicos estaduais ativos (efetivos e comissionados) e inativos. O projeto de lei segue nesta quarta (14) para apreciação da Assembleia Legislativa do Estado (ALE).

A recomposição salarial se dará em duas etapas. A primeira, com a aprovação do projeto de lei pela ALE, já estabelece o reajuste de 3,15% para este mês de junho. A segunda será de 3,14% para dezembro deste ano, perfazendo o total de 6,29%.

“Estamos aqui para dar uma boa notícia, sobretudo neste cenário econômico que vive o Brasil, onde muitos estados sequer conseguem pagar salários em dia e a grande parte não está dando aumento nenhum, porque essa crise vem tirando a capacidade financeira dos estados”, declarou o governador, que usou as redes sociais (Facebook e Instagram) para anunciar o reajuste, por meio de transmissão ao vivo (live).

O secretário de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), Fabrício Marques, e a secretária especial do Tesouro Estadual, Renata Santos, participaram da transmissão. De acordo com ela, o reajuste vai representar um acréscimo de, aproximadamente, R$ 90 milhões na folha salarial do Estado, a partir deste segundo semestre, e de até R$ 270 milhões em 2018.

Renata Santos recordou que, desde o início do ano, a equipe econômica do Governo realiza um estudo minucioso para garantir a recomposição salarial dos servidores sem afetar a saúde financeira do Estado.

“O estudo foi feito com muita responsabilidade: vai manter o equilíbrio das finanças e atender aos anseios das categorias dos servidores”, afirmou ela.

“Estamos trabalhando com segurança e com os pés no chão, fazendo tudo o que está ao nosso alcance”, acrescentou o governador.

(*) – da Assessoria do Governador

Deixe o seu comentário