8 de novembro de 2017 • 2:49 pm

Arapiraca

ASA: Reforma do Fumeirão é viabilizada após contrato entre Prefeitura e Caixa

Também foi firmado contrato para liberação de recursos para a execução da primeira etapa do projeto Centro Novo.

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Nesta quarta-feira (8), o prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo, assinou junto a Caixa Econômica Federal (CEF) os contratos para a reforma e modernização do Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, o Colosso Fumeirão, onde joga o time do ASA.

As obras devem acontecer já no início de 2018. Serão destinados cerca de R$3,5 milhões para a construção das novas arquibancadas do setor Oeste, as antigas metálicas, a criação dos camarotes do Setor Norte, no lugar das charmosinhas, e das cabines de transmissão radiofônica.

Com a assinatura do contrato, a Prefeitura de Arapiraca a partir de agora abrirá processo licitatório para a contratação da empresa que ficará responsável pelos trabalhos que transforamará o Estádio Municipal em um local totalmente acomodável para os torcedores do Agremiação Sportiva Arapiraquense e visitantes.

“O local será interditado para o início das obras, mas de nada irá atrapalhar nos jogos em que o ASA for mandante. Tudo está sendo estudado para que o ASA não precise sair do município e continue mandando seus jogos em Arapiraca independente das obras”, destacou o prefeito Rogério Teófilo.

Para o superintendente da Caixa em Alagoas, Kléber Coelho, a representatividade que o ASA tem dentro do Estado e no cenário nacional é muito importante, e a reforma do Fumeirão irá refletir positivamente tanto no reflexo esportivo, quanto no turístico.

Comércio

Também com a Caixa Econômica Federal, foi firmado contrato para a liberação dos recursos para a execução da primeira etapa da obra do projeto Centro Novo.

A primeira etapa do projeto está orçada em R$ 6 milhões, recursos esses viabilizados pelo Ministério do Turismo, através do ministro alagoano Marx Beltrão, e emenda parlamentar do deputado federal Pedro Vilela.

Deixe o seu comentário