20 de junho de 2017 • 10:26 pm

Blogs » Fátima Almeida

Rejeitada: Juiz recusa queixa-crime de Temer contra Joesley Batista

Após sofrer derrota no Senado, Temer teve rejeitada ação judicial proposta contra Joesley Batista

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A terça-feira não foi muito boa para o presidente Temer. Depois de assistir à derrota da sua reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, que rejeitou o relatório de Ricardo Ferraço (PSDB-ES), por 10 votos a 9, recebeu, hoje à noite a notícia de que a queixa-crime apresentada por ele em ação por calúnia, injúria e difamação, movida contra o empresário Joesley Batista, foi rejeitada pelo juiz federal Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara do Distrito Federal.

A representação feita à Justiça foi motivada pela declaração dada por Joesley, em entrevista à revista Época, onde ele acusa Temer de chefiar uma “organização criminosa”centrada na Câmara Federal, que teria entre os seus o integrantes Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima, Henrique Eduardo Alves, Eliseu Padilha e Moreira Franco.

Em sua decisão, o magistrado afirmou que não viu na atitude de Joesley “vontade específica de macular a imagem de alguém”, mas sim de corroborar as declarações prestadas em seu acordo de delação celebrado com o  Ministério Público Federal e homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), e que o delator, assim procedeu, com a finalidade de narrar fatos. Para o juiz, Joesley apenas exerceu o seu direito constitucional de liberdade de expressão ao “fornecer o entendimento” que tinha sobre os fatos narrados.

A casa tá caindo! E o telhado de vidro estilhaçando…

Deixe o seu comentário