20 de outubro de 2015 • 4:55 pm

Economia

Relator do Orçamento da União quer cortar R$ 10 bilhões do Bolsa Família

Deputado acredita que assim vai equilibrar as contas públicas.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O deputado Ricardo Barros (PP-PR), que é relator do projeto de Orçamento de 2016, disse nesta terça-feira (20) que recomendará um corte de R$ 10 bilhões dos R$ 28,8 bi previstos para o Bolsa Família no ano que vem. Isso equivale a uma redução de 35% no principal programa de transferência de renda do governo.

Barros pretende impedir o ingresso de novos beneficiários, usando o mesmo cálculo do governo, que reduziu os recursos destinados aos programas Ciência sem Fronteiras, Minha Casa, Minha Vida e Pronatec. “O recurso será usado só para o que já está contratado, sem novos ingressos”.

O parlamentar acredita que a medida vai equilibrar as contas públicas e impedir uma deterioração maior do mercado de trabalho, mesmo que alguns beneficiados percam o direito. “Bolsa família é para complementação da renda familiar média. 72% dos que recebem trabalham. É melhor manter o emprego ou manter o benefício? Se ele ganha mais no trabalho, vamos equilibrar as contas públicas para que as oportunidades de emprego não sejam suprimidas”, justifica.

Deixe o seu comentário