27 de Maio de 2017 • 10:57 pm

Maceió

Relatório oficial anuncia 4 mortes e 4 pessoas desaparecidas em Maceió

Além das pessoas mortas soterradas pelas barreiras há 37 feridos, segundo os Bombeiros

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

No inicio deste sábado, 27, as primeiras informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Segurança Pública eram de “prováveis” 9 mortes em Maceió por conta de deslizamentos de barreiras.

Deslizamentos de barreira em Maceió

No fim da tarde, a informação oficial do governo falava em 4 mortes e 4 pessoas desaparecidas. Uma triste realidade para uma população sofrida que vive em locais de risco, à margem dos serviços públicos na capital.

De acordo com o relatório do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil 37 pessoas estão feridas em consequência dos deslizamentos de barreiras. Oficialmente, o relatório cita os mortos:

As barreiras causando mortes.

-Marli Santana de Oliveira, 48 anos de idade, natural de São Paulo. Oriunda da Rua das Palmeiras, Alto da Boa Vista, Chã da Jaqueira, Maceió. (Próximo a cavalaria)

-Criança Não Identificada do sexo masculino. Oriundo da Rua São Francisco, Grota do Santo Amaro, Maceió. (Grota por trás da Cicosa)

-Vítima do sexo feminino, Não Identificada. Oriundo da Rua São Francisco, Santo Amaro, Maceió. (Grota por trás da Cicosa)

-Benedito Valdevino da Silva, natural de Atalaia, 56 anos. Oriundo da Rua Jardim Manguaba, Grota do Pau D’arco, Feitosa, Maceió.

– Mais 4 pessoas estão sendo procuradas nos escombros das Grotas onde aconteceram os deslizamentos

Ainda de acordo com o comando do Corpo de Bombeiros, cerca de 19 barreiras em Maceió apresentam ameaça de desabar em área de risco. As chuvas geraram mais de 90 deslizamentos de barreiras.

 

Deixe o seu comentário