29 de julho de 2015 • 9:14 pm

Maceió

Renan acusa sumiço de R$ 1 bilhão para duplicar a Via Expressa em Maceió

Calheiros Filho agora quer duplicar a Via Expressa com outro empréstimo.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Renan: dinheiro sumiu

Renan: dinheiro sumiu

A  duplicação da Via Expressa em Maceió, que seria realizada conjuntamente pelos governo tucanos de Rui Palmeira e Teotônio Vilela Filho, não passou de uma mera promessa de ambos. Mas, pelo menos o dinheiro existiu para obra,  o entanto sumiu e ninguém viu.

O sumiço do dinheiro foi dito durante entrevista de rádio pelo governador Renan Calheiros Filho (PMDB). Segundo ele, o governador Teotônio Vilela tomou um empréstimo de R$ 1 bilhão para duplicar a avenida, “mas não deixou o dinheiro em caixa”.

Calheiros Filho disse que já havia comentado essa história em outras entrevistas. Disse ele que a parceria de Rui e Téo determinava que o prefeito de Maceió realizaria a primeira etapa da duplicação da Via Expressa, compreendendo o inicio da rodovia até a entrada do Benedito Bentes, e o Estado se encarregaria de fazer a etapa seguinte: do Benedito até a Universidade Federal de Alagoas.

Mas, cadê o dinheiro. Disse o governador que gastaram com outras coisas, considerando que os recursos não ficaram na conta do Estado.

Mas, Calheiros Filho está disposto a encampar o projeto de duplicação da Via Expressa. Para isso, no entanto, acenou com a possibilidade de tomar um outro empréstimo.

 

1 Comentário

  1. Iris Valbuena disse:

    Fez a denuncia no MPF e MP , se não é conversa fiada para boi dormir….

Deixe o seu comentário