14 de abril de 2017 • 8:07 am

Brasil

Renan Calheiros diz que é zero a chance de ter sido favorecido

Senador disse que confia na justiça para esclarecer as acusações

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Em vídeo divulgado na internet, o senador Renan Calheiros (PMDB) se defendeu das acusações dos delatores da Odebrecht e negou que tenha sido favorecido pela empreiteira.

Disse o senador no vídeo divulgado em suas redes sociais que “confia na Justiça” e que a chance de ele ter sido favorecido pela empreiteira é “zero”.

Renan Calheiros: “chance zero”.

“As minhas contas são auditadas desde 2003. Não há 1 centavo ilegal. Meu patrimônio é compatível e eu não tenho contas no exterior”, afirmou o peemedebista.

Renan Calheiros é citado em ao menos 4 inquéritos derivados das delações da Odebrecht. Em 1 deles, o senador é acusado de ter recebido R$ 500 mil de propina, em 2010, com o objetivo de “realizar 1 acordo de mercado [cartel] entre as empresas que participariam da obra canal do Sertão Alagoano”. O pagamento teria sido feito por meio de caixa 2 pelo Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, conhecido como “departamento de propina”.

Ariel Parente Costa, ex-executivo da Odebrecht, teria se encontrado com o peemedebista no “2º semestre de 2010” para informar o pagamento. Segundo o delator, a reunião ocorreu no Hotel Hadisson, em Maceió (AL). Os R$ 500 mil foram pagos em duas parcelas de R$ 250 mil. Em 10 de agosto e 10 de setembro de 2010. (Poder360)

Deixe o seu comentário