13 de outubro de 2016 • 6:45 pm

Segurança

Renan Filho: É preciso que as prisões aconteçam respeitando a legalidade

“Hoje a orientação é não errar e se houver erro que seja o mínimo possível”, destacou.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

-É preciso que as prisões de suspeitos aconteçam respeitando sempre a legalidade e as provas técnicas.

A frase acima é do governador Renan Filho (PMDB), ao reconhecer que a investigação no caso do assassinato do professor da Ufal Daniel Thiele cometeu uma barrigada ao prender e apresentar como responsáveis pelo crime dois irmãos, que após uma semana na prisão foram soltos por falta de provas.

RF: Sem compromisso com o erro

RF: Sem compromisso com o erro

O governador deixou claro que o Estado não deve se omitir diante de um crime. Na visão de Renan Filho, o fundamental é desenvolver a investigação criteriosa e sem a omissão da autoridade.

Para o ele, o momento atual da segurança pública é bem diferente do passado, quando os erros eram constantes. “Hoje a orientação é não errar e se  houver erro que seja o mínimo possível”, destacou.

Renan parte do princípio de que os cidadãos devem ser preservados sempre, mas entende que havendo erro de conduta nesse processo, “o Estado deve ter a humildade de reconhecê-lo”.

Deixe o seu comentário


Publicidade