9 de junho de 2015 • 6:20 pm

Cotidiano

Renan Filho quer investir R$ 12 MI para o Lifal pagar dividas e voltar a produzir

O projeto de lei para reestruturação do laboratório foi enviado à Assembleia Legislativa.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Governos não deram atenção ao Lifal.

Governos não deram atenção ao Lifal.

O Lifal – Laboratório Industrial Farmaceutico de Alagoas –  deve passar pela sua terceira reestruturação. Pelo menos é o que indica o goverador Renan Filho (PMDB) que enviou à Assembleia Legislativa o projeto de lei com essa finalidade. A última reestruturação do laboratório se deu no governo Ronaldo Lessa.

Agora o governo terá que investir R$ 12 milhões no laboratório. Por lidar com tecnologia de ponta, o Lifal nunca foi barato e sempre se revelou um saco sem fundos. Esteve para fechar algumas vezes e na gestão passada quase nada produziu.

O novo governo quer retomar a produção de medicamentos no Estado e por isso decidiu pedir o apoio da Assembleia para que o Lifal possa operar dentro da estrutura proposta com um orçamento considerável De acordo com o governo, o objetivo, no primeiro momento, é viabilizar o pagamento das obrigações financeiras que o laboratório acumula, como o pagamento de folha salarial dos empregados e pendências trabalhistas.

Mas, além disso, visa obter a inclusão no novo marco regulatório das parcerias para o desenvolvimento produtivo para voltar ao mercado farmacêutico e consolidar a confiança na capacidade de crescer.

A medida vai possibilitar, ainda, o aperfeiçoamento da atuação do laboratório no mercado, onde os avanços científicos serão diários com a ajuda do Poder Executivo por meio da concretização de ações de médio e longo prazo e a criação de condições favoráveis à realização de investimentos.

 

Deixe o seu comentário