2 de junho de 2015 • 7:07 pm

Economia

Renan Filho tenta em Brasília recursos para as obras hídricas do Estado

O governador quer R$ 38 milhões para a adutora do alto sertão e dinheiro para tocar o bilionário canal do sertão.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Em meio a crise financeira, o governador Renan Filho busca alternativas para impulsionar seu governo. A preocupação dele hoje é com a obra bilionária do canal do sertão, bem como a conclusão da adutora do alto sertão, que ainda depende de um aporte de recursos na ordem de R$ 38 milhões.

Por isso mesmo ele estará em Brasília nesta quarta-feira, 03, quando tentará em audiência com o ministro do Gabinete Civil, Aloísio Mercadante, captar os recursos necessários para esses investimentos. Renan Filho quer marcar o primeiro ano de governo com realizações, mesmo sabendo dos cortes orçamentários promovidos pelo ajuste fiscal do ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

No encontro com o ministro Renan Filho vai mostrar que o Estado está vivendo uma crise hídrica que precisa ser resolvida com urgência, antes que algumas cidades entrem em calamidade por falta d’água. Nesse aspecto, ele tem a adutora do alto sertão e o próprio canal do sertão como obras prioritárias para atenuar os efeitos da crise hídrica na região.

E neste caso ele faz um desabafo: – Não podemos aceitar que a obra da Adutora do Alto Sertão não tenha uma velocidade necessária para levar água para as pessoas; o mesmo com a Adutora da Bacia Leiteira.

 

Deixe o seu comentário