22 de novembro de 2016 • 7:42 pm

Interior

Repasse do BPC pode garantir aumento de R$ 1,6 milhão para Anadia

Serão beneficiados com os recursos 156 moradores da cidade

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
anadia

Anadia, município alagoano.

Dados cruzados pela Secetaria de Assistência Social do Estado (Seades) sobre do benefício do Cadastro Único de Programas Sociais, no município de Anadia, revelam que  156 moradores do lugar podem ser beneficiados com R$ 1,6 milhão nos repasses anuais do Benefício da Prestação Continuada (BPC).

Segundo os dados, deverão ser beneficiados 103 deficientes e 53 idosos, que possuem perfil para ingressar no BPC, o que representa um acréscimo de até R$ 137.280,00 por mês para o município.

A secretária municipal de Assistência Social de Anadia, Jéssica França, destacou a importância do repasse para Anadia. “Essas ações incentivam a busca pelo melhor atendimento à população. O BPC significa a autonomia do usuário que praticamente depende unicamente desse programa para sua subsistência”, explicou. Jéssica França.

Anadia é um dos seis municípios beneficiados pelas ações da próxima edição do Governo Presente. Também serão contemplados os municípios de Boca da Mata, Campo Alegre, Junqueiro, São Miguel dos Campos e Teotônio Vilela. Somados os seis municípios, o aumento no valor dos repasses do BPC para a região pode chegar a R$ 14.403.840,00 por ano.

 

O BPC está previsto na Lei Orgânica da Assistência Social (Loas) e prevê o pagamento de um salário-mínimo mensal para idosos com mais de 65 anos e pessoas com deficiência incapacitadas para a vida independente de qualquer faixa etária. Nos dois casos, para receber o beneficio, o total da renda mensal da família do possível beneficiário, dividido pelos integrantes, deve ser menor que um quarto do salário-mínimo vigente.

 

Deixe o seu comentário