22 de janeiro de 2016 • 10:44 am

Educação » Saúde

Residência médica: Maceió ganhará em março novos cursos de especialização

Haverá oferta de vagas nas áreas de Pediatria, Reumatologia, Endocrinologia e Medicina do Trabalho.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Especialização em Pediatria é uma das modalidades ofertadas (Foto: Divulgação)

Especialização em Pediatria é uma das modalidades ofertadas (Foto: Divulgação)

A falta de médicos especialistas tem afetado diariamente a vida de quem precisa do Sistema Único de Saúde (SUS), e até mesmo dos usuários de planos privados. A carência de profissionais qualificados em áreas específicas afeta diretamente a saúde da população brasileira. Segundo o Ministério da Saúde, o problema persiste devido à deficiência no número de vagas ofertadas para os programas de residência médica no Brasil. Além disso, há uma nítida concentração de vagas nas grandes cidades da região sudeste.

Por isso, qualificação parece ser é a palavra-chave para iniciar o ano de 2016. Em meio a um cenário nada positivo para a economia, investir em uma pós-graduação lato sensu passou a fazer parte dos planos até mesmo de profissões que antes eram consideradas estáveis, como é o caso da medicina. Ao unir a falta de profissionais qualificados, com o mau momento econômico, surge uma oportunidade para os médicos que atuam em Maceió ou têm fácil acesso à cidade.

O Grupo Educacional INEPE confirma quatro novas especializações acadêmicas com início previsto para março na capital. Os cursos ofertados serão Pediatria, Reumatologia, Endocrinologia e Medicina do Trabalho. Os encontros são mensais ou bimensais, sempre aos finais de semana. Com corpo docente formado 100% por professores doutores, as especializações do GEI são certificadas com nota máxima pelo Ministério da Educação.

Todos os cursos tem carga horária que varia de 432 a 4.032 horas presenciais de aula. Com a formação acadêmica, o profissional constrói um melhor plano de carreira e têm conhecimentos específicos da área. Porém, vale destacar que os cursos de medicina não concedem o Título de Especialista. Para isso, é preciso preencher todos os requisitos exigidos e se submeter à prova de admissão da entidade responsável por conceder a titulação.

Para saber mais informações sobre os cursos, entre em contato pelo telefone 0800 600 9401 ou acesse www.facinepe.edu.br.

Deixe o seu comentário