4 de setembro de 2015 • 4:42 pm

Cotidiano

TCE determina assinatura de engenheiros em projetos de obras públicas

Iniciativa, que partiu do Crea Alagoas, deve gerar mais oportunidades de empregos para vinculados ao Conselho

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
_DSC0715

Resolução foi aprovado por unanimidade

Os gestores dos municípios alagoanos e órgãos públicos devem ter cuidado redobrado na hora de executar qualquer obra que envolva serviços de engenharia. É que o Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE-AL), votou e aprovou, nesta quinta-feira, 3, a resolução normativa 008/2015, determinando que todos os órgãos, tanto do Estado como municípios, realizem a contratação de um responsável técnico para os empreendimentos de engenharia que virão a ser iniciados. A parceria é feita junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL).

A resolução aplica-se nas esferas da administração direta e indireta dos poderes executivo, legislativo e judiciário de Alagoas. Ela faz com que agora, nas documentações de prestação de contas, seja exigido a apresentação da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) – documento instituído pela Lei federal nº 6.496/77 –  do profissional pelo serviço executado. O presidente do TCE-AL, Otávio Lessa, garante que as contas envolvendo obras ou qualquer empreendimento de engenharia só serão aceitas pelo tribunal com a descrição do profissional responsável pela execução do serviço.

Presidente do TCE, Otávio Lessa, informou que resolução entrará em vigor em 3 meses

Presidente do TCE, Otávio Lessa, informou que resolução entrará em vigor em 3 meses

“O TCE-AL só vai aceitar a documentação que informar o responsável técnico. A iniciativa, que contou com a colaboração do Crea-AL, na pessoa do presidente Fernando Dacal, vai acrescentar muito em transparência e na segurança das obras que serão realizadas. Isso também resguarda até o próprio gestor, que não é especialista da área, passando a responsabilidade para uma pessoa capacitada”, disse Lessa, destacando também a importância de todos os órgãos implantarem as normas de acessibilidade em seus projetos.

Esta Resolução entrará em vigor no prazo de 90 dias, contados da data da sua publicação no Diário Oficial Eletrônico deste Tribunal.

Mais emprego – A notícia é boa para os engenheiros que estão em busca de emprego. Isso porque os gestores públicos, que não desejam ter problemas com o TCE-AL, terão que contratar profissionais habilitados no Crea para execução do serviço. O presidente Fernando Dacal parabenizou todos os conselheiros pela sensibilidade em aprovar a determinação, que vai garantir mais oportunidades aos profissionais vinculados ao Crea.

“Agradeço ao conselheiro relator Fernando Toledo e, em especial, ao presidente Otávio Lessa por deixar as portas abertas do Tribunal de Contas para o Crea. Nossa parceria é importante e vai servir de exemplo para outros Estados. Tenho certeza disso. Quem ganha mais é a engenharia alagoana e a sociedade que agora terá mais segurança”, finaliza Dacal.

Deixe o seu comentário