13 de março de 2015 • 2:30 pm

Política

Reunião apresenta investimentos em projetos no semiárido de Alagoas

Representantes apresentaram ações ao governador Renan Filho. Só em Alagoas, foram investidos R$ 20 mi no Programa de Cisternas.

Por: Leonardo Reis
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

img_4076Durante uma reunião realizada no palácio República dos Palmares, na manhã desta sexta-feira (13), entre o governador Renan Filho (PMDB) e representantes do programa Cooperação Cisternas BRA 007-B, foram apresentados os investimentos da Espanha no semiárido alagoano.

Segundo o diretor do Instituto Ambiental Brasil Sustentável, Luís Tadeu Assad, ao longo dos últimos oito anos, cerca de R$ 20 milhões foram investidos pelo Fundo Espanhol de Água e Saneamento (FCAS) em ações para melhorias na qualidade alimentar, abastecimento de água e pecuária.

“Várias famílias foram beneficiadas durante esse tempo. Foram investidas tecnologias em algo simples: armazenar água da chuva em cisternas. Essa simples ação deu autonomia aos pequenos produtores rurais e fez com eles se desenvolvessem. As cisternas têm capacidade para armazenar 52 mil litros de água”, afirma Assad.

Ainda segundo ele, 120 escolas foram beneficiadas com o projeto Cisternas. “Os espanhóis ficaram encantados com os depoimentos do alunos. Histórias de crianças que não tinham água nas escolas e hoje têm, e de forma segura”, diz.

Na ocasião, também foram discutidas medidas para dar continuidade a iniciativa, com foco em segurança hídrica e alimentar. “Além das cisternas, houve investimento em ações alimentares. Hoje as pessoas podem comer ostras cruas sem ter medo, porque há uma depuradora de ostras em Coruripe, então as famílias produzem esse alimento de forma segura”, aponta Edson Maruto, diretor de Aquicultura Continental de Alagoas.

Deixe o seu comentário