22 de novembro de 2016 • 2:36 pm

Brasil » Economia » Política

Ronaldo Lessa assume liderança da Frente Parlamentar da Engenharia Nacional

Dos 513 deputados federais, 230 parlamentares já externaram o apoio a iniciativa. Já no Senado, 30 integrnates, dos 81, estão compromissados com as demandas

Por: Vinicius Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
whatsapp-image-2016-11-22-at-11-57-20-1

Mesa de solenidade de abertura foi composta por parlamentares e os presidentes do Confea, José Tadeu e da FNE, Murilo Celso.

Alagoas mais uma vez mostra sua força no cenário nacional, principalmente em decisões do futuro do País. Uma prova disso foi a escolha do deputado federal e engenheiro civil, Ronaldo Lessa (PDT-AL) para presidir a Frente Parlamentar Mista de Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento Nacional, lançada nesta terça-feira (22), em Brasília. O objetivo da criação do grupo é agilizar o trâmite entre as demandas das categorias ligadas ao Sistema Confea/Creas no Congresso Nacional, buscando garantir benefícios aos profissionais.

Antes mesmo da instalação da Frente, a avaliação parlamentar é positiva. Dos 513 deputados federais, 230 legisladores já externaram o apoio a iniciativa. Quase metade da Câmara Federal. No Senado Federal, de início, 30 senadores, dos 81, estão compromissados com as demandas do Sistema Confea/Creas.

Presente no evento e representando o Sinduscon, na pessoa do presidente Alfredo Breda, o presidente do Crea Alagoas, Fernando Dacal, mostrou-se satisfeito com o importante passo dado pela engenharia brasileira. “Estou feliz em saber que a nossa Frente Parlamentar está sendo liderada por um alagoano engenheiro. Parabenizo o deputado Ronaldo e deixo o Crea à disposição para juntos colaborarmos com o desenvolvimento. Em tempo, trago as felicitações do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas, José Carlos Lyra”, disse Dacal.

whatsapp-image-2016-11-22-at-11-57-19

Representantes de Creas e Sindicatos ligados a engenharia estiveram no evento de lançamento.

Ronaldo Lessa, líder no Congresso e presidente da Frente, destacou a importância do diálogo dentro do parlamento. Segundo ele, o grupo não medirá esforços para garantir êxito nas atuações legislativas. “Destaco a boa participação de parlamentares médicos neste grupo. Isso mostra que outras profissões estão conosco nas articulações. Aqui, seremos a ponte que os profissionais precisam em Brasília”, afirmou.

Citada como a “engrenagem da economia do País”, autoridades mantém a expectativa pela ação dos participantes. “Essa Frente apontará caminhos para a retomada do desenvolvimento. O congresso nacional tem um papel fundamental para a saída da crise passada pelo nosso País. As indústrias precisam voltar a contribuir na oportunidade de emprego e distribuição de renda”, destacou Murilo Pinheiro, presidente da Federação Nacional dos Engenheiros.

whatsapp-image-2016-11-22-at-10-45-53A intenção é que a dinâmica de trabalho continue em cada Estado. Esse é o pensamento do presidente do Confea, José Tadeu, que falou da necessidade de cada Crea se alinhar com seus representantes em busca de adiantar os diversos temas do congresso de interesse das profissões tecnológicas.

“A engenharia é uma profissão que se caracteriza por realizações de interesse social e humano. Não somos só construtores de hospital, escolas, carros, navios e aviões. Tudo que o ser humano usa tem o nosso dedo. Nossas escolas de engenharia estão entre as melhores do mundo. Então, temos essa responsabilidade, através da Frente que vai reconstruir nossa nação”, destacou José Tadeu, presidente do Confea.

Deixe o seu comentário