4 de Janeiro de 2016 • 9:20 pm

Maceió

Rui Palmeira nega ajuda e prévias carnavalescas estão ameaçadas

Prefeito priorizou os recursos para o Maceió Verão e a festa dos 200 anos que custou mais de R$ 1 milhão

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

As prévias carnavalescas de Jaraguá, além dos desfiles dos blocos Pinto da Madrugada, Pecinhas de Maceió e Vulcão, que este ano completa 80 anos, estão ameaçados. Em entrevista  à TV Mar o Secretário de Cultura do governo Rui Palmeira, Vinicius Palmeira, disse que a Prefeitura não tem dinheiro para ajudar os blocos.

O prefeito Rui Palmeira concentrou todos os seus esforços na realização do Maceió Verão, com artistas nacionais, os quais só se apresentam com o pagamento antecipado. No entando Rui ainda deve R$ 60 mil a Liga dos Blocos do desfile do ano passado.

A questão de não poder contribuir com os blocos de carnaval da cidade para realização das prévias revoltou os representantes de cada da Liga e associações carnavalescas que se reúnem nesta terça-feira para cobrar uma posição clara e definitiva do prefeito de Maceió. “A responsabilidade é toda dele”, disse Ediberto Ticianelli, organizador das prévias de Jaraguá.

Na visão dos representantes de blocos o que falta a Maceió é política cultura genuína, sem arrodeios e comprometida com a cultura regional. Na manifestação realizada nesta segunda-feira, 04, eles disseram que a Prefeitura nesse campo vive de fazer eventos. “Por isso o interesse pelo Maceió Verão, por que aparece bem na foto”, disse um dirigente.

Lembraram inclusive que Rui Palmeira fez o evento dos 200 anos de Maceió, uma festa que custou R$ 1 milhão, onde compareceram 800 pessoas, sendo que só em cima do Camarote tinha mais de 500. “Essa festa foi feita com emenda do deputado federal Paulão (PT) e nem isso disseram na imprensa”, disse Ticianelli. Observou que as prévias de Jaraguá culminando com os desfiles do Pinto, Pecinhas, Vulcão e Rolinha levam mais de 200 mil pessoas às ruas de Maceió e ainda geram renda para centenas de famílias.

Prévias de Jaraguá ameaçadas.

Prévias de Jaraguá ameaçadas.

O Maceió Verão também tem dinheiro governo federal e de patrocinadores. Mas, a bronca maior dos carnavalescos é que se há patrocinadores o prefeito Rui Palmeira bem que poderia ter adotado o mesmo procedimento para fazer as prévias carnavalescas de Jaraguá e os desfiles dos blocos, como sempre aconteceram desde as gestoes dos prefeitos Ronaldo Lessa, passando por Kátia Born e Cícero Almeida.

Foliões em Jaraguá

Foliões em Jaraguá

Rui Palmeira:Maceió sem prévias carnavalescas.

Rui Palmeira:Maceió sem prévias carnavalescas.

Eles acusam o descaso da gestão municipal e alegam que reconhecem a crise financeira, mas que a discussão com a Prefeitura acontece desde julho do ano passado, mas só agora Rui Palmeira manda dizer que não vai poder ajudar os blocos, mas que pagará fortunas aos artistas nacionais que estarão se apresentando no “Maceió Verão”.

O diretor do bloco Pecinhas de Maceió disse que colocará seu bloco na rua, no mesmo sábado do Maceió Verão – o evento menina dos olhos do prefeito – nem que seja com um som de “bike elétrica”. Já os dirigentes do Pinto da Madrugada estão dispostos a reduzir o tamanho do desfile do bloco, com  apenas uma orquestra no chão, para encerrar de vez o carnaval do bloco em Maceió

O prefeito tem vendido dificuldades e há quem diga que é para colher facilidades. Essa, pelo menos, é a visão do vereador Silvânio Barbosa que assumiu a realização do reveillon do Benedito Bentes, com o apoio do deputado federal Cícero Almeida (PSD), enquanto Rui Palmeira preferiu fazer a queima de fogos na orla de Maceió, na virada do ano.

Para reunião desta terça-feira, há dirigentes de blocos propomdo uma nota de repúdio a política cultural do governo municipal, que tem esquecido das ações continuadas e duradouras para viver de eventos glamourosos cobrados pela classes mais abastadas da população.

Deixe o seu comentário