11 de julho de 2016 • 2:27 pm

Maceió

Rui pedala no DO para desviar atenção de rombo de R$ 10 milhões no Iprev

O rombo foi denunciado ao Ministério Público pelos sindicatos de servidores municipais

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Denunciado ao Ministério Público Estadual por não está cumprindo com os repasses devidos ao Fundo de Aposentadorias e Pensões dos Servidores Municipais de Maceió – IPREV – o prefeito Rui Palmeira tenta remediar a conduta do crime administrativo, suplementando em R$ 10 milhões o orçamento do ógão previdenciário.

Ato publicado no Diário Oficial

Ato publicado no Diário Oficial

A suplementação visa repor ao IPREV a parte dos recursos desviados, conforme foi denunciado pelos sindicatos de servdiroes do município, que acusaram a gestão municipal da prática de crime contra os cofres municipais.

Os créditos para cobrir o rombo de R$ 10 milhões do instituto de previdência sairão da anulação de recursos da comunicação, para onde Rui Palmeira havia destinado R$ 21 milhões, neste ano eleitoral, para a princípio gastar com a propaganda do governo.

A manobra praticada pela administração tucana na Prefeitura de Maceió não exime o prefeito de crime de responsabilidade e improbidade, os quais constam na peça denunciada ao Ministério Público. O ato da manobra ou pedalada fiscal do prefeito da capital foi publicado no Diário Oficial do Município, na quarta-feira, 06 de julho.

 

Deixe o seu comentário