13 de julho de 2015 • 10:43 am

Maceió

Rui prioriza festa na gestão e faz embromação na saúde pública

Responsabilizar o governo federal pelo caos na saúde é a desculpa favorita do prefeito de Maceió

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Rui Palmeira: até agora só festa.

Rui Palmeira: até agora só festa.

Cada vez que um repórter tenta questionar o desserviço da saúde pública em Maceió durante as entrevistas do prefeito Rui Palmeira (PSDB), ele simplesmente desata a tergiversar e de imediato responsabiliza o governo federal. Foi assim nesta segunda-feira, 13, no estacionamento de Jaraguá, quando ele dava coletiva à imprensa.

Um repórter de rádio perguntou-lhe por que o posto de saúde do conjunto Alfredo Gaspar de Mendonça estava fechado e o prefeito disse que o governo federal havia atrasado o repasse dos recursos. Não foi dito pelo prefeito que as contas da Secretaria Municipal de Saúde foram reprovadas pelo Conselho Municipal de Saúde, em 2013, em função da malversação dos débitos por parte da gestão municipal.

Se há contas rejeitadas, obviamente fica dfiícil de a Prefeitura conseguir dinheiro novo para tocar seus projetos. O desandar da administração da Rui Palmeira na saúde pública em Maceió vem desde o início da gestão. Nada do que foi proposto pela administração do PSDB na capital tem funcionado.

Sem falar que Rui Palmeira prometeu em campanha uma nova maternidade para Maceió e essa nunca saiu do papel. No PAM Salgadinho o caos é tanto que os servidores vivem permanentemente ameaçando greve. Ou seja, o governo tem se preocupado muito com a realização de  festas, quanto ao resto é pura embromação. Uma nova festa, aliás com artistas brasileiros já está sendo programada para o fim do ano.

Deixe o seu comentário