17 de agosto de 2016 • 11:07 am

Maceió » Política

Rui tenta judicializar a campanha e RF reage: ‘pra ganhar tem que ter voto’

Governador lembra que Rui ganhou a primeira eleição por que não tinha adversário

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O tom da campanha eleitoral em Maceió começou a subir. A tentativa do prefeito Rui Palmeira (PSDB) de judicializar mais uma vez o processo eleitoral em Maceió, como fez em sua primeira eleição contra o então candidato a prefeito Ronaldo Lessa (PDT), está sendo vista pelo Palácio dos Martírios como um tiro no pé. Rui ganhou a eleição anterior por que não teve concorrente, uma vez que Lessa  foi impedido pela justiça.

Almeida e Renan: parceria eleitoral.

Almeida e Renan: parceria eleitoral.

Adotando agora a mesma estratégia para tirar do seu caminho, o deputado federal Cícero Almeida (PMDB), o atual prefeito despertou nos peemedebistas a vontade de se sobrepor a mesmice tucana. “Eles estão com medo por que sabem que para ganhar do Cícero tem que ter voto”, disse o governador Renan Filho (PMDB) em entrevista na Rádio Gazeta.

Ao entrar de vez na campanha, o governador, bem avaliado na capital, deixa claro que vai lutar com todas as forças para defender a candidatura do seu partido. “Eles nunca tiveram adversário e agora têm o Cícero Almeida, um  homem do povo, com trabalho reconhecido por toda Maceió. Mas o Cícero será o prefeito por que é o povo quem quer”, destacou.

Cícero Almeida iniciou sua campanha nesta terça-feira, 16, saindo da Grota do Cigano até o Jacintinho, arrastando uma multidão. “Nossa caminhada vai ser sempre assim, com o povo. Foi dessa maneira que sempre me portei, trabalhando por quem mais precisa e com certeza vamos devolver a Maceió sorriso perdido, principalmente na periferia que está abandonada”, disse o candidato durante a caminhada.

 

Deixe o seu comentário


Publicidade