21 de maio de 2017 • 7:20 pm

Brasil

Sem adesão de lideranças Temer cancela o jantar no Alvorada

Presidente convidou lideranças politicas para um “comes e bebes” no Palácio da Alvorada

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Vendo a governabilidade fugir-lhe a cada momento, Michel Temer, que é investigado como corrupto pelo Supremo Trinubal Federal (STF), decidiu reunir deputados e senadores neste domingo, 21, para manter todos em sua base de apoio e evitar qualquer processo de impeachment.

Jantar com base aliada para evitar impeachment.

Mas, a ideia não deu certo. O objetivo era evitar a saída de partidos da base de apoio ao governo no Congresso.

Cancelou -O problema é que poucos líderes aderiram ao chamamento do Presidente e por isso Temer teve que cancelar o jantar. Ele acabou transformando o evento em uma reunião de “petit comitê”, entre os ministros mais chegados e amigos que vivem em seu entorno.

Os deputados e senadores foram avisados exatamente neste domingo do comes e bebes em Palácio por telefone.

Pela manhã, Temer recebeu aliados no Palácio do Jaburu. Em seguida, foi ao Alvorada, onde continua reunido com os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral), nos preparativos para o jantar.

O PSDB que se reuniria hoje para decidir se sairia ou não do governo, desistiu da reunião após o convite de Michel Temer para o jantar. O partido é o principal aliado de Temer e tem quatro ministérios.

Deixe o seu comentário