29 de outubro de 2015 • 2:39 pm

Política

Senadores trocam insultos: ‘bandido, safado, desequilibrado’. Olha o nível no Senado

Senador do PSB disse que vai fazer representação contra Caiado.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Durante sessão da Comissão Mista sobre Mudanças Climáticas, nesta quinta-feira, 29, o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) e o Ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, protagonizaram uma discussão acalorada. Após a apresentação sobre a implantação de novas tecnologias relacionadas à diversificação da matriz energética do país, Eduardo Braga começou a responder perguntas dos parlamentares.  Ao dirigir um questionamento sobre a Companhia Energética de Goiás ao ministro, Caiado reclamou que Eduardo Braga não estaria dando atenção à pergunta.

“Eu estou falando com V. Exª, e V. Exª está manipulando o telefone, está olhando para baixo, olhando para o lado, como se aqui estivesse falando com qualquer um. Eu sou Senador como V. Exª.”, reclamou o senador goiano.

Eduardo Braga explicou que estava atento e iria responder as perguntas, porém Caiado argumentou que o ministro estaria agindo com descaso e retirou-se da sessão. Antes de deixar o local, o senador se dirigiu à mesa e bateu boca com Braga, chamando-o de “safado” e “bandido”, em seguida foi contido por membros da comissão. “Olhe o decoro parlamentar! Bandido é V. Exª! E safado é V. Exª. Me respeite!”, disse Eduardo Braga. “Você é bandido! Não respeito, não! Você é bandido”, retrucou o senador goiano.

A cada dia cresce no plenário a rejeição a Cunha.

A cada dia cresce no plenário a rejeição a Cunha.

Em seguida, o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura, classificou a discussão como “deprimente”. “Nunca esperei que um senador como o Ronaldo Caiado pudesse protagonizar um espetáculo tão deprimente como este que nós vimos aqui agora”, lamentou Garibaldi.

Na sequência, o presidente da comissão, senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), afirmou que iria apresentar uma representação contra o Caiado. “Nós faremos o encaminhamento para a Mesa Diretora do Senado para tomar providências em relação às agressões que aqui foram alvo o ministro Eduardo Braga”.

Antes do encerramento da sessão, Caiado retornou à comissão e Fernando Bezerra Coelho propôs que o senador do DEM retirasse as ofensas ditas ao ministro. No entanto, Caiado afirmou que Braga também o havia insultado, chamando-o de “desequilibrado”, e só iria retirar as ofensas se Braga o fizesse primeiro. A sessão foi encerrada sem acordo.

1 Comentário

  1. Concordo plenamente como Senador goiano.O ministro é um babaca.

    Adriel Batista Correia de Melo

Deixe o seu comentário