3 de janeiro de 2017 • 9:42 pm

Interior

Sérgio Lira baixa decreto em Maragogi para comprar remédios sem licitação

Prefeito constatou o caos imperando na saúde pública

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O prefeito de Maragogi, Fernando Sérgio Lira, começou seu governo com três decretos administrativos importantes. O primeiro, de caráter emergencial, trata da dispensa de licitação para compra de medicamentos, gêneros alimentícios, materiais de limpeza e consumo, até que se realize o procedimento licitatório ou processo seletivo adequado para tal fim, no prazo máximo de noventa dias. Segundo o novo gestor, o caos impera na saúde municipal.

Fernando Sérgio: dispensa de licitação.

O segundo decreto exonera todos os servidores contratados que prestavam serviços ao município, exceto os contratados por tempo determinado para atender necessidade temporária de excepcional interesse público, ficando garantido o pagamento dos meses trabalhados, que deverão ser efetuados juntamente com o pagamento dos servidores efetivos.

O terceiro exonera os servidores ocupantes de cargos em comissão, e convoca os efetivos que se encontravam no exercício de cargos de provimento em comissão ou à disposição de outros órgãos federativos para retornar às suas funções nas Secretarias em que são lotados.

“Quem não comparecer, terá os dias faltosos descontados em folha”, disse Wagner Lira, secretário de Administração.

Quanto aos pagamentos dos meses deixados em aberto pelo prefeito anterior, Henrique Peixoto, o secretário disse que somente hoje teve acesso às folhas de pessoal. A partir de agora, analisará e determinará uma data.

Deixe o seu comentário