16 de Abril de 2015 • 4:29 pm

Maceió

Servidores da saúde de Maceió devem finalizar greve em maio

Só no dia 10 do próximo mês trabalhadores ouvirão contraproposta do prefeito

Por: Vinicius Firmino
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Trabalhadores defendem melhores salários e condições de trabalho. (Foto: Jobison Barros/gazetaweb)

Trabalhadores defendem melhores salários e condições de trabalho. (Foto: Jobison Barros/gazetaweb)

Os servidores da saúde da Prefeitura de Maceió, decidiram na manhã deste quinta-feira (16), que a greve geral está mantida até o próximo dia 10 de maio. Nesta data, o prefeito da capital, Rui Palmeira (PSDB) deve apresentar uma contraproposta aos trabalhadores. Na reunião, também foi decidido, que nenhum ato público será realizado até a data do encontro.

O presidente do Sindsaúde, Alessandro Fernandes, informou que a decisão foi da paralisação foi aprovada por unanimidade pela categoria. Os trabalhadores municipais defendem duas bandeiras na negociação: melhores salários e condições de trabalho.

“De forma democrática, a assembleia decidiu esperar por aguardar esta proposta que será apresentada no dia 10. Até lá, não faremos nenhum ato público. Porém, é importante que a prefeitura observe com atenção as queixas dos servidores. Buscamos apenas o que é de direito, nada além disso”, observou Fernandes.

A assembleia geral reuniu cerca de 500 servidores, além de representantes de vários sindicatos, entre eles, o Sindacd, Sindsaúde, Sindguarda, Sineal, Sindfal e Sindcomarph.

Ainda segundo os servidores, o prefeito justificou que somente no próximo mês é que o Município terá previsão orçamentária para discutir a possibilidade de reajuste, recorrendo a fontes de arrecadação como o IPTU, por exemplo.

Os servidores do Município cobram 14% de reajuste salarial, retroativo das progressões por mérito de julho a novembro (plano de cargos e carreiras, com 5% de aumento a cada dois anos), e implantação da progressão por titulação, além de melhores condições de trabalho.

Deixe o seu comentário