31 de janeiro de 2017 • 10:35 am

Interior

Servidores de Arapiraca paralisam atividades em meio ao caos

Servidores reclamam os salários de dezembro e janeiro.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Sem os salários de dezembro nem de janeiro, os servidores municipais de Arapiraca decidiram decretar uma greve de advertência nesta twerça-feira 31.

Servidores cruzam os braços por salários

Segundo a presidente do Sindicato dos  Servidores, Joseane Lima da Silva, no último encontro das lideranças com o prefeito Rogério Teófilo (PSDB), realizado na semana que passou, ele não apresentou solução para o problema e preferiu responsabilizar a gestão da ex-prefeita Célia Rocha (PTB) pelo caos administrativo no município.
O prefeito ainda afirmou da impossibilidade de arcar com os pagamentos dos débitos herdados até 31 de janeiro. No entanto, sinalizou que poderia iniciar nova discussão sobre o mês de dezembro em 10 de fevereiro, mas a proposta foi recusada.
O grande problema, segundo a líder sindical, é o drama social que está vivendo toda a categoria de servidores municipais, considerando que a maioria sequer conseguiu realizar matrículas dos filhos nas escolas por que “não há dinheiro nem para pagar o transporte”.
Por meio de nota, o prefeito Rogério Teófilo disse que está trabalhando para definir um calendário de pagamento que contemple também o mês de dezembro.

Deixe o seu comentário