9 de setembro de 2015 • 7:59 pm

Cotidiano

Servidores pedem concurso para suprir carência no Judiciário alagoano

O presidente do Tribunal de Justiça (TJAL), desembargador Washington Luiz, será recebido pela diretoria do Sindicato dos Servidores do Judiciário de Alagoas (Serjal) nesta quinta-feira, (10). “Vamos comemorar algumas conquistas,…

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O presidente do Tribunal de Justiça (TJAL), desembargador Washington Luiz, será recebido pela diretoria do Sindicato dos Servidores do Judiciário de Alagoas (Serjal) nesta quinta-feira, (10). “Vamos comemorar algumas conquistas, mas será também a oportunidade de discutir com o magistrado os problemas e necessidades das comarcas por todo Estado” – disse o analista judiciário Reinaldo Vital Rios, presidente da entidade representativa dos servidores da Justiça.

Ele cita, entre as reivindicações, a realização de concurso público para atender carência de pessoal, estimada em 1.000 vagas, abrangendo os cargos de oficial de justiça, analista, escrivães e técnicos. Com a redução da carência, e melhorias na estrutura física das comarcas, os servidores ganham, por exemplo, condições de atender as metas tanto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), quanto do próprio TJAL. “Reafirmamos nossa permanente disposição de tornar a Justiça mais célere e eficiente” – completou o presidente do Serjal.

O representante dos trabalhadores destacou o papel do atual presidente do TJ, que tem colaborado decisivamente para a melhoria das condições de trabalho e salários dos servidores. Entre as conquistas da categoria, viabilizadas na gestão do desembargador Washington Luiz, Reinaldo cita a data-base com ganho real e a implementação do auxílio-saúde.

O auxílio-saúde estava previsto desde 2010, mas só foi concretizado na atual gestão” – ressaltou o sindicalista. A visita do desembargador Washington Luiz está marcada para às 17h, na sede do sindicato, no bairro do Trapiche.

Deixe o seu comentário