31 de Janeiro de 2018 • 6:56 pm

Educação

Sesi repassa escola de Atalaia à cooperativa de professores

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea) e diretor regional do Serviço Social da Indústria (Sesi/AL), José Carlos Lyra de Andrade, oficializou, na manhã desta quarta-feira,…

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Sesi repassa escola de Atalaia à cooperativa de professores

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea) e diretor regional do Serviço Social da Indústria (Sesi/AL), José Carlos Lyra de Andrade, oficializou, na manhã desta quarta-feira, 31, a cessão, em regime de comodato, da Escola Sesi/Senai localizada no município de Atalaia, à Cooperativa Educacional Maria Cristina de Souza. Com a parceria, a Fiea evita o fechamento da unidade que oferece o ensino regular aliado a um curso técnico, construída para formar mão de obra naquele município.

Com a desativação do Pronatec, programa do governo que permitiu ao Sesi construir diversas unidades de ensino em Alagoas, o Departamento Regional criou as condições para repassar a Escola de Atalaia ao município, de modo a evitar seu fechamento. A parceria com a prefeitura acabou não se materializando. Os professores da própria unidade, então, decidiram se organizar em uma cooperativa e levar ao presidente José Carlos Lyra a proposta de assumir a Escola.

O presidente da Fiea se mostrou satisfeito em formalizar a parceria com os professores. Ele considerou a criação da cooperativa uma boa solução, e parabenizou os educadores pelo comprometimento com a educação de qualidade naquele município.

“Todos ficamos tristes com a notícia do fechamento. Mas rapidamente encontramos essa alternativa”, disse a presidente da Cooperativa, professora Jirlene Maria Costa da Silva, destacando a qualidade da unidade que fez parte da Rede Sesi, e que agora, com a assinatura do contrato de comodato, passa oficialmente a ser uma cooperativa educacional.

A escola recebeu nova denominação, passando a ser Colégio Inovar, e vai oferecer 200 vagas nas modalidades Ensino Fundamental (do 6º ao 9º ano) e Médio. As matrículas já estão abertas.

“Além do comodato, estamos à disposição da cooperativa para ajudar no modelo pedagógico, considerando o valor do padrão Sesi/Senai de ensino”, disse o superintendente executivo do Sesi/AL, Carlos Alberto Paes.

Participaram da solenidade de assinatura, na sede da Fiea, a gerente de Educação do Sesi, Cristina Suruagy, e os professores Gildenor Pereira Leite, André Luiz Acioly e Hyago Henrique Basílio.

Deixe o seu comentário