24 de setembro de 2015 • 11:14 am

Bleine Oliveira » Blogs

Sim, há policiais heróis!

As redes sociais são hoje o principal termômetro para medirmos o sentimento da sociedade. O facebook, o Instagram e o Whatsaap têm servido como ponte entre todos os segmentos da…

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

As redes sociais são hoje o principal termômetro para medirmos o sentimento da sociedade. O facebook, o Instagram e o Whatsaap têm servido como ponte entre todos os segmentos da população.

É assim, agora, quando os alagoanos choram quatro mortes.

Desde ontem, quando a tragédia ocorreu, sucedem-se as postagens sobre os quatro militares do Grupamento de Operações Aéreas, unidade que reúne agentes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas.

A abordagem é a mesma: todos lamentam as mortes e falam deles como heróis.

Eram amados e respeitados na família e no trabalho. Agora são heróis amados pelo povo.

Profissionais como o capitão Mário Henrique Assunção, o major CBM Milton Carnaúba Gomes Paiva, e os soldados PM Marcos de Moura Pereira e Diogo de Melo Gonzaga merecem a reverência de toda sociedade.

Escolheram defender e proteger os cidadãos.

Como disse, consternado, o secretário de Segurança, promotor Alfredo Gaspar de Mendonça, são militares que jamais recusaram uma missão.

Morreram em combate, deixando o exemplo de que o compromisso maior do policial é defender a sociedade, é combater o crime.

Os militares que morreram ontem se juntam ao panteão de honrados policiais que já morreram defendendo a sociedade.

Policial civil Anderson de Lima Silva, presente!

A seus familiares e amigos resta enfrentar o rastro de dor e pesar que a morte sempre deixa.

Mas enxuguem as lágrimas com o lenço da honra e do orgulho de terem sido parte da vida desses heróis.

Os heróis do povo!

Missão cumprida.

Deixe o seu comentário